O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - CAPÍTULO VIII 1019

CAPÍTULO VIII

BEM-AVENTURADOS AQUELES QUE TÊM PURO O CORAÇÃO

Deixai vir a mim as criancinhas. – Pecado por pensamentos. – Adultério. – Verdadeira pureza. Mãos não lavadas. – Escândalos. Se vossa mão é um motivo de escândalo, cortai-a. – Instruções dos Espíritos: Deixai vir a mim as criancinhas. – Bem-aventurados aqueles que têm os olhos fechados.

*

DEIXAI VIR A MIM AS CRIANCINHAS

1. Bem-aventurados aqueles que têm puro o coração, porque verão a Deus. (São Mateus, cap. V, v. 8).

2. Apresentaram-lhe, então, criancinhas, a fim de que ele as tocasse; e como seus discípulos afastassem com palavras rudes aqueles que as apresentavam, Jesus vendo isso zangou-se e lhes disse: Deixai vir a mim as criancinhas, e não as impeçais; porque o reino dos céus é para aqueles que se lhes assemelham. Eu vos digo em verdade, todo aquele que não receber o reino de Deus como uma criança, nele não entrará. E as tendo abraçado, as abençoou, impondo-lhes as mãos. (São Marcos, cap. X, v. de 13 a 16).

3. A pureza do coração é inseparável da simplicidade e da humildade e exclui todo pensamento de egoísmo e de orgulho; por isso, Jesus toma a infância por emblema dessa pureza, como a tomou para o da humildade.

Esta comparação poderia não parecer justa, considerando-se que o Espírito da criança pode ser muito velho, e que traz, em renascendo, para a vida corporal, as imperfeições das quais não se despojou nas suas existências precedentes; só um Espírito que atingiu a perfeição poderia nos