O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - CAPÍTULO VIII 1025

os homens; contanto que suas torpezas sejam ignoradas, isso lhes basta, e sua consciência está tranqüila. São elas, segundo as palavras de Jesus: "sepulcros brancos por fora, mas cheios de podridão por dentro; vasos limpos por fora, sujos por dentro".

No sentido evangélico, a acepção da palavra escândalo, tão freqüentemente empregada, é sempre mais geral e, por isso, não se lhe compreende a acepção em certos casos. Não é mais somente o que ofende a consciência de outrem, é tudo o que resulta dos vícios e das imperfeições dos homens, toda reação má de indivíduo para indivíduo, com ou sem repercussão. O escândalo, neste caso, é o resultado efetivo do mal moral.

13. É preciso que haja escândalo no mundo disse Jesus, porque os homens sendo imperfeitos sobre a Terra, são inclinados a fazerem o mal, e as más árvores dão maus frutos. É preciso, pois, entender por estas palavras que o mal é uma conseqüência da imperfeição dos homens, e não que haja para eles obrigação para praticá-lo.

14. É necessário que o escândalo venha, porque estando os homens em expiação sobre a Terra, punem a si mesmos pelo contato com seus vícios, dos quais são as primeiras vítimas, acabando por compreender seus inconvenientes. Quando estiverem cansados de sofrer no mal, procurarão o remédio no bem. A reação desses vícios serve, pois, ao mesmo tempo de castigo para uns e de provas para outros; é assim que Deus faz emergir o bem do mal e os próprios homens utilizam as coisas más ou mais vis.

15. Se assim é, dir-se-á, o mal é necessário e durará sempre, porque se ele viesse a desaparecer, Deus estaria privado de um poderoso meio de castigar os culpados; portanto, é inútil procurar melhorar os homens. Mas se não houvesse mais culpados, não haveria mais necessidade de castigos. Suponhamos a Humanidade transformada em homens de bem, ninguém procuraria fazer o mal ao próximo e todos seriam felizes, porque seriam bons. Tal é o estado dos mundos avançados, de onde o mal foi excluído; tal será o da Terra, quando tiver progredido suficientemente. Mas enquanto que certos mundos avançam, outros se formam, povoados de Espíritos primitivos, e que servem por outro lado de habitação, de exílio e de lugar expiatório