O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - CAPÍTULO XVI 1110

CAPÍTULO XVI

NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON

Salvação dos ricos. – Guardar-se da avareza. – Jesus na casa de Zaqueu. – Parábola do mau rico. – Parábola dos talentos – Utilidade providencial da fortuna. – Provas da riqueza e da miséria. – Desigualdade das riquezas. – Instruções dos Espíritos: A verdadeira propriedade. – Emprego da fortuna. – Desprendimento dos bens terrestres. – Transmissão da fortuna.

*

SALVAÇÃO DOS RICOS

1. Ninguém poder servir a dois senhores; porque, ou odiará a um e amará ao outro, ou se afeiçoará a um e desprezará o outro. Não podeis servir, ao mesmo tempo, a Deus e a Mamon. (São Lucas, cap. XVI, v. 13).

2. Então um jovem se aproximou dele e lhe disse: Bom Mestre, o que é preciso que eu faça para adquirir a vida eterna? Jesus lhe respondeu: Por que me chamais bom? Só Deus é bom. Se quereis entrar na vida, guardai os mandamentos. Quais mandamentos? disse-lhe. Jesus lhe disse: Não matareis; não cometereis adultério; não furtareis; não direis falso testemunho. Honrai a vosso pai e a vossa mãe, e amai o vosso próximo como a vós mesmos.

O jovem lhe respondeu: Tenho guardado todos esses mandamentos desde a minha juventude; que me falta ainda? Jesus lhe disse: Se quereis ser perfeito, ide, vendei o que tendes e dai-o aos pobres, e tereis um tesouro no céu; depois, vinde e me segui.

O jovem, ouvindo essas palavras, foi-se embora muito triste, porque tinha grandes bens. E Jesus disse aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é bem difícil que um rico