O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - CAPÍTULO XXVII 1209

CAPÍTULO XXVII

PEDI E OBTEREIS

Qualidades da prece. – Eficácia da prece. – Ação da prece. Transmissão do pensamento. – Preces inteligíveis. – Da prece pelos mortos e pelos Espíritos sofredores. – Instruções dos Espíritos: maneira de orar. – Alegria da prece.

QUALIDADES DA PRECE

1. Quando orardes, não vos assemelheis aos hipócritas, que se comprazem em orar em pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas para serem vistos pelos homens. Em verdade, vos digo, eles receberam sua recompensa. Mas quando quiserdes orar, entrai no vosso quarto e, estando fechada a porta, orai ao vosso Pai em segredo; e vosso Pai, que vê o que se passa em segredo, vos recompensará.

Não afeteis orar muito em vossas preces, como fazem os gentios, que pensam ser pela multidão de palavras que serão atendidos. Não vos torneis, pois, semelhantes a eles, porque vosso Pai sabe do que necessitais antes de o pedirdes. (São Mateus, cap. VI, v. 5 a 8).

2. Quando vos apresentardes para orar, se tiverdes alguma coisa contra alguém, perdoai-lhe, a fim de que vosso Pai, que está nos céus, perdoe também os vossos pecados. Se vós não perdoais, vosso Pai que está nos céus, não vos perdoará também os vossos pecados. (São Marcos, cap. XI, v. 25, 26).

3. Ele contou também esta parábola a alguns que confiavam em si mesmos como sendo justos, e desprezando os outros.

Dois homens subiram ao templo, a fim de orar; um era fariseu e o outro publicano. O fariseu, estando em pé, orava