O CÉU E O INFERNO - SEGUNDA PARTE - EXEMPLOS - CAPÍTULO II 1473

lhas do infinito. Passei das sombras da matéria para a aurora resplandecente que anuncia o Todo-Poderoso. Eu fui salvo, não pelo mérito de minhas obras, mas pelo conhecimento do princípio eterno que me fez evitar as manchas causadas pela ignorância à pobre Humanidade. A minha morte foi abençoada; os meus biógrafos julgaram-na prematuramente; os cegos! Lamentaram alguns escritos nascidos da poeira e não compreenderão quanto o pouco de ruído, que se fez ao redor de minha tumba silenciosa, foi útil para a santa causa do Espiritismo. Minha obra estava terminada; meus antecessores correram na liça; eu atingira esse ponto culminante onde o homem dera o que tinha de melhor, e onde não faz mais do que recomeçar. A minha morte reaviva a atenção dos letrados e a reconduz para a minha obra capital, que toca à grande questão espírita que fingem desconhecer, e que bem cedo os envolverá. Glória a Deus! Ajudado pelos Espíritos superiores que protegem a nova doutrina, vou ser um dos pioneiros que marcam o vosso caminho.

JEAN REYNAUD.

(Paris; reunião de família. Outra comunicação espontânea.)

O Espírito responde sobre uma reflexão feita quanto à sua morte inesperada, numa idade pouco avançada, e que surpreendeu muita gente.

"Quem vos disse que a minha morte não foi um benefício para o Espiritismo, para o seu futuro, para as suas conseqüências? Notaste, meu amigo, a marcha que segue o progresso, o caminho que toma a fé espírita? No início, Deus deu a todos as provas materiais: dança das mesas, pancadas e toda sorte de fenômenos; foi para chamar a atenção; foi um preâmbulo engraçado. Aos homens são necessárias provas palpáveis para crerem. Agora é bem outra coisa! Depois dos fatos materiais, Deus fala à inteligência, ao bom senso, à fria razão; não são mais as habilidades, mas coisas racionais que devem convencer e mesmo reunir os incrédulos, os mais obstinados. E não é, ainda, senão o começo. Tomai bem nota do que vos digo: toda uma série de fatos inteligentes, irrefutáveis, vão se seguir, e o número dos adeptos da fé espírita, já tão grande, ainda vai aumentar. Deus vai ligar-se às inteligências de elite, às sumidades do espírito, do talento e do saber. Isso vai ser um raio luminoso que se difundirá sobre toda