O CÉU E O INFERNO - SEGUNDA PARTE - EXEMPLOS - CAPÍTULO II 1483

é necessário cumprir para transpor o caminho da prova e merecer o mundo das recompensas. Que majestade! Que amplidão! É quase um sentimento de assombro que domina, então, quando, fracos como somos, queremos fixar as sublimes claridades.

P. Numa outra vez, ficaremos felizes em continuar esta conversa, quando quiserdes reaparecer entre nós. – R. Respondi sucintamente e sem seqüência às vossas perguntas. Não exijais ainda mais do vosso fiel discípulo: não estou inteiramente livre. Conversar, conversar ainda seria a minha alegria; o meu guia modera o meu entusiasmo, e já pude apreciar bem a sua bondade e sua justiça para submeter-me inteiramente à sua decisão, qualquer pesar que sinta por ser interrompido. Consolo-me pensando que, freqüentemente, poderei vir assistir incógnito às vossas reuniões. Algumas vezes vos falarei; eu vos amo e vos quero prová-lo. Mas outros Espíritos, mais avançados que eu, reclamam a prioridade, e devo me apagar diante daqueles que consentiram ao meu Espírito dar um livre vôo à torrente de pensamentos que havia acumulado.

Deixo-vos, amigos, e devo agradecer duplamente, não somente a vós espíritas, que me chamastes, mas também a este Espírito que consentiu que eu tomasse o seu lugar, e que, quando vivo, levava o ilustre nome de Pascal.

Aquele que foi e será sempre o mais devotado dos vossos adeptos.

Dr.VIGNAL.

VICTOR LEBUFLE

Jovem piloto da barra, no porto de Havre, morto com a idade de vinte anos. Morava com sua mãe, pobre pequena comerciante, a quem prodigalizava os mais ternos e os mais afetuosos cuidados, e que sustentava com o produto de seu rude trabalho. Jamais o viram freqüentar os cabarés, nem entregar-se aos excessos, tão freqüentes em sua profissão, porque não queria desviar a menor parte de seu ganho do piedoso uso ao qual o consagrava. Todo o tempo que não empregava no seu serviço, dava-o à sua mãe, para poupá-la da fadiga. Atacado há muito tempo pela doença da qual sabia que deveria morrer, escondia os seus sofrimentos com medo de