O CÉU E O INFERNO - SEGUNDA PARTE - EXEMPLOS - CAPÍTULO VIII 1622

1. Evocação. – Que quereis de mim?

2. Um de vossos parentes pediu-nos para evocar-vos; fazemo-lo com prazer, e ficaremos felizes se quiserdes responder-nos. – R. Sim, quero muito responder-vos.

3. Lembrai-vos das circunstâncias da vossa morte? – R. Ah! certamente sim! eu as lembro; porque despertar essa lembrança de castigo?

4. É certo que fostes enterrado vivo por engano? – R. Isso deveria ser assim, porque a morte aparente teve todas as características de uma morte real; estava quase exangue (1). Não se deve imputar a ninguém um fato previsto desde antes do meu nascimento.

5. Se estas perguntas são de natureza a vos causar pena, é necessário cessá-las? – R. Não, continuai.

6. Gostaríamos de vos saber feliz, porque deixastes a reputação de um homem honesto. – R. Eu vos agradeço muito; sei que orais por mim. Vou tratar de responder, mas se fracassar, um de vossos guias me suprirá.

7. Podeis descrever as sensações que experimentas-tes nesse momento terrível? – R. Oh! que prova dolorosa! Sentir-se fechado entre quatro tábuas, de maneira a não poder movimentar nem mexer-se! não poder chamar; a voz não ressoando mais num meio privado de ar. Oh! que tortura a de um infeliz que se esforça em vão para aspirar numa atmosfera insuficiente e desprovida da parte respirável! Ai de mim! era como um condenado à goela de um forno, salvo o calor. Oh! não desejo a ninguém semelhantes torturas. Não, não desejo a ninguém um fim como o meu! Ai de mim! cruel punição de uma cruel e feroz existência! Não me pergunteis em que pensava, mas eu mergulhava no passado e entrevia vagamente o futuro.

8. Dissestes: cruel punição de uma feroz existência; mas a vossa reputação, até este dia intacta, não faria supor nada semelhante. Podeis explicar-nos isso? – R. Que é a duração da existência na eternidade! Certamente, tratei de agir bem na minha última encarnação; mas este fim fora aceito por mim antes de reentrar na Humanidade. Ah! por que me interrogar sobre esse passado doloroso que só eu conhecia, assim como os Espíritos, ministros do Todo-poderoso? Sabei, pois, uma


1 Privado de sangue. Descoloração da pele pela privação de sangue.