O CÉU E O INFERNO - SEGUNDA PARTE - EXEMPLOS - CAPÍTULO VIII 1627

da vida são provas e expiações, e a elas se submeteu sem murmurar, dizendo:

Deus é justo; sem dúvida, eu o mereci.

UM SÁBIO AMBICIOSO

A senhora B..., de Bordeaux, não sentiu as pungentes angústias da miséria, mas foi, toda a sua vida, a mártir de dores físicas, pelas inumeráveis enfermidades pelas quais foi atingida, durante setenta anos, desde a idade de cinco meses, e que, quase cada ano, a colocava à porta do túmulo. Três vezes foi envenenada pelas experiências que a ciência incerta fez nela. E o seu temperamento, arruinado pelos remédios tanto quanto pelas doenças, deixou-a, até o fim de seus dias, vítima de intoleráveis sofrimentos que nada podia acalmá-la. Sua filha, espírita-cristã e médium, pedia a Deus, em suas preces, para abrandar as suas cruéis provas, mas seu guia espiritual disse-lhe para que pedisse simplesmente, para ela, a força de suportar com paciência e com resignação, e ditou-lhe as instruções seguintes:

"Tudo tem a sua razão de ser na existência humana; não há um sofrimento que causastes que não encontre um eco nos sofrimentos que suportais; não há um de vossos excessos que não encontre um contra-peso nas vossas privações; não há uma lágrima que caia de vossos olhos sem ter uma falta para lavar, um crime, algumas vezes. Suportai, pois, com paciência e resignação as vossas dores físicas e morais, por cruéis que vos pareçam, e pensai no lavrador cuja fadiga cansa os seus membros, mas que continua a sua obra sem deter-se, porque tem sempre diante dele as espigas douradas que serão os frutos de sua perseverança. Tal é a sorte do infeliz que sofre sobre a vossa Terra. A aspiração da felicidade, que deve ser o fruto de sua paciência, torna-o forte contra as dores passageiras da Humanidade.

"Assim ocorre com a tua mãe; cada dor que ela aceita como uma expiação é  uma mancha apagada  de seu passado, e quanto mais cedo todas as manchas estiverem apagadas, mais cedo ela será feliz. Só a falta de resignação torna o sofrimento estéril, porque então as provas estão a recomeçar. O que é, pois, mais útil para ela, é ter coragem e submissão; é o que é necessário pedir a Deus e aos bons Espíritos conceder-lhe.

"Tua mãe foi outrora um bom médico, freqüentando