A GÊNESE - CAPÍTULO DÉCIMO-SEGUNDO 1857

animais que se movem sobre a terra. – 29. Deus disse ainda: Eu vos dei todas as ervas que trazem consigo o seu grão sobre a terra, e todas as árvores que contêm em si mesmas sua semente, cada uma segundo a sua   espécie, a fim de que vos sirvam de alimento; – 30. E a todos os animais da terra, a todos os pássaros do céu, a tudo o que se move sobre a terra, e que está vivo e animado, a fim de que tenham do que se nutrir. E isso assim se fez. – 31. Deus viu   todas  as   coisas  que fizera; e que elas estavam muito boas. – 32. E da tarde e da manhã se fez o sexto dia.

CAPÍTULO II. – 1. O céu e a Terra foram, pois, assim acabados   com  todos os seus ornamentos. – 2. Deus terminou   no  sétimo  dia  toda  a   obra   que fizera, e repousou nesse   sétimo  dia, depois de ter acabado todas as suas obras.   – 3.  Ele  abençoou o sétimo dia e o santificou, porque  cessara  nesse   dia  de produzir todas as obras que criara. – 4. Tal é a origem do céu e da Terra, e foi assim que f oram   criados   no  dia  que o Senhor fez um e o outro, – 5. E que  criou todas as plantas dos campos antes que elas saíssem da  terra,  e  todas  as   ervas  da campanha antes que fossem produzidas. Porque o Senhor Deus ainda não fizera  chover  a   terra, e não havia o homem para trabalhá-la;   – 6. Mas se elevava da terra uma fonte que lhe irrigava toda a superfície.

7. O Senhor Deus formou, pois, o homem do limo da terra, e espalhou sobre o seu rosto um sopro de vida, e o homem tornou-se vivo e animado.

2. – Depois dos desenvolvimentos contidos nos capítulos precedentes, sobre a origem e a constituição do Universo, segundo os dados fornecidos pela ciência para a parte material, e segundo o Espiritismo para a parte espiritual, seria útil colocar em paralelo o próprio texto da Gênese de Moisés, a fim de que cada um possa estabelecer uma comparação e julgar com conhecimento de causa; algumas explicações complementares bastarão para fazer compreender as partes que têm necessidade de esclarecimentos especiais.

3. – Sobre alguns pontos, certamente, há uma concordância notável entre a Gênese de Moisés e a doutrina científica; mas seria errado crer-se que basta substituir os