A GÊNESE - CAPÍTULO DÉCIMO-SEGUNDO 1864

foi feita!" Deus, criando o Universo pelo cumprimento lento e gradual das leis da Natureza, parecer-lhes-ia menos grande e menos poderoso; era-lhes necessária alguma coisa de maravilhosa que saísse das vias comuns, de outro modo diriam que Deus não era mais hábil que os homens. Uma teoria científica e raciocinada da criação tê-los-ia deixado frios e indiferentes.

Não rejeitemos, pois, a Gênese bíblica; estudemo-la, ao contrário, como se estuda a história da infância dos povos. É uma epopéia rica de alegorias, das quais é preciso procurar o sentido oculto; que é necessário comentar e explicar com as luzes da razão e da ciência. Fazendo em tudo ressaltar as belezas poéticas, e as instruções veladas sob a forma figurada, é preciso demonstrar-lhe com firmeza os erros, no interesse mesmo da religião. Respei-tar-se-á melhor esta quando seus erros não forem impostos à fé como verdades, e Deus com isso não parecerá senão maior e mais poderoso, quando seu nome não estiver misturado com fatos controversos.

O PARAÍSO PERDIDO (1)

13.CAPÍTULO II. – 9. Ora, o Senhor Deus plantara desde o começo  um jardim delicioso,   no   qual colocou o homem que formara. – O Senhor Deus também produzira da terra todas as espécies de árvores belas à visão e cujos frutos eram agradáveis ao gosto, e a árvore da vida no meio do paraíso (2), com a árvore da ciência do bem e do mal. (Ele fez sair, Jeová Eloim, da terra (min haadama) toda árvore boa de se ver e boa para comer, e a árvore da vida (vehetz hachayim) no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal).

15. O Senhor tomou, pois, o homem e o colocou no paraíso de   delícias, a fim de que o cultivasse e guardas-


(1) Após alguns versículos, colocou-se a tradução literal do texto hebreu, que torna mais fiel o pensamento primitivo. O sentido alegórico dele ressalta mais claramente.

(2) Paraíso, do latim paradisus, feito do grego paradeisos, jardim, pomar, lugar plantado com árvores. A palavra hebraica empregada na Gênese foi hagan, que tem o mesmo significado.