A GÊNESE - CAPÍTULO DÉCIMO-SEGUNDO 1865

se. – 16. Deu-lhe também esta ordem e lhe disse: Comei de todas as   árvores do paraíso. (Ele ordenou, Jeová Eloim, ao homem (hal   haadam), dizendo:  De   toda árvore do jardim  (hagan)   podes comer).17. Mas não comas do fruto   da árvore da ciência do bem e do mal; porque no mesmo tempo que dela comeres morrerás muito certamente. (E da árvore da ciência do bem e do mal (ou-mehetz hadaat tob vara) dela não comerás, porque no dia em que dela comeres, morrerás).

14. – CAPÍTULO III. – 1. Ora, a serpente era o mais sagaz  de  todos  os animais que o Senhor Deus formara sobre  a  Terra.  Ele disse à mulher: Por que Deus vos ordenou para não comer o fruto de todas as árvores do paraíso? (E a serpente (nâhâsch) era astuta mais que todos os animais terrestres que Jeová Eloim fizera: ele disse à mulher (el haischa): É que disse, Eloim: não comereis de nenhuma árvore do jardim? – 2. A mulher lhe respondeu: Nós comemos  os frutos de  todas  as árvores  que estão no paraíso.  (Ela disse, a   mulher,  à  serpente,  do fruto   (miperi) das árvores do jardim podemos comer.) – 3. Mas para o que é o fruto da árvore que está no meio do paraíso, Deus nos ordenou para dela não comer, e não tocá-la, de medo que estivéssemos em perigo de morrer. – 4. A serpente respondeu à mulher: Seguramente, não morrereis; – 5. Mas é que Deus sabe que logo que houverdes comido desse fruto, os vossos olhos serão abertos, e sereis como deuses, conhecendo o bem e o mal.

6. A   mulher  considerou,  pois,  que o fruto dessa árvore era bom   para comer; que era belo e agradável à visão. E tendo-o tomado, comeu-o, e dele deu ao seu marido  para que comesse também. (Ela viu, a mulher, que era boa, a árvore, como  alimento,  e que era  invejável a árvore para COMPREENDER   (leaskil), e ela pegou de seu fruto, etc).

8. E como eles ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no paraíso depois do meio-dia, quando se eleva um vento brando, eles se retiraram para o meio das árvores do paraíso, para se esconderem de diante de sua face.

9. Então o Senhor Deus chamou Adão, e disse-lhe: Onde  estais?  – 10. Adão   lhe  respondeu: Eu ouvi a vossa voz no paraíso, e tive medo porque estava nu; foi por isso que me ocultei. – 11. O Senhor lhe respondeu: De onde soubes-