A GÊNESE - CAPÍTULO DÉCIMO-QUARTO 1913

necessário supor que o Espírito, não na mesa, mas ao lado, tal como era quando vivo, e tal como seria visto, podendo se tornar   visível.  A mesma coisa ocorre nas comunicações pela escrita; ver-se-á o Espírito ao lado do médium, dirigindo a sua mão ou transmitindo-lhe o seu pensamento por uma corrente fluídica.

43. – Quando a mesa se destaca do solo e flutua no espaço sem ponto de apoio, o Espírito não a ergue com a força do braço, mas a envolve e a penetra com uma espécie de atmosfera fluídica que neutraliza o efeito da gravidade, como o faz o ar com os balões e os papagaios. O fluido com a qual ela está penetrada, lhe dá, momentaneamente, uma leveza específica maior. Quando ela está pregada ao solo, está num estado análogo ao da campânula pneumática sob a qual se faz o vácuo. Aqui não temos senão comparações para mostrarmos a analogia dos efeitos e não a semelhança absoluta das causas. (O Livro dos Médiuns, cap. IV).

Compreende-se, depois disto, que não é mais difícil a um Espírito levantar uma pessoa do que levantar uma mesa, transportar um objeto de um lugar para outro, ou lançá-lo em qualquer parte; estes fenômenos se produzem pela mesma lei (1).

Quando a mesa persegue alguém, não é o Espírito quem corre, porque ele pode permanecer tranqüilamente no mesmo lugar, mas lhe dá impulso por uma corrente


(1) Tal é o princípio do fenômeno dos transportes; fenômeno muito real, mas que convém não aceitar senão com uma extrema reserva, porque é um daqueles que mais se prestam à imitação e à charlatanice. A honradez irrecusável da pessoa que os obtém, seu desinteresse absoluto, material e moral, e o concurso de circunstâncias acessórias, devem ser tomados em séria consideração. É necesário, sobretudo, desconfiar da excessiva facilidade com que tais efeitos são produzidos, e ter por suspeitos aqueles que se renovam muito freqüentemente e, por assim dizer, à vontade; os prestidigitadores fazem coisas mais extraordinárias.

O erguimento de uma pessoa é um fato não menos positivo, mas muito mais raro talvez, porque é mais difícil imitá-lo. É notório que o Sr. Home, mais de uma vez, se elevou até o teto, fazendo a volta da sala. Diz-se que São Cupertino tinha a mesma faculdade, o que não é mais miraculoso para um do que para o outro.