O LIVRO DOS ESPÍRITOS - LIVRO II - CAP. XI - OS TRÊS REINOS 280

594 – Os animais têm uma linguagem?

– Se entendeis uma linguagem formada de palavras e de sílabas, não. Um meio de se comunicarem entre si, sim. Eles se dizem muito mais coisas do que acreditais, mas sua linguagem é limitada, como suas idéias, às suas necessidades.

– Há animais que não têm voz; ao que parece, esses não têm linguagem?

– Eles se compreendem por outros meios. Vós outros, homens, não tendes senão a palavra para se comunicarem? E os mudos, que dizes deles? Os animais, estando dotados da vida de relação, têm meios de se informarem e de exprimirem as sensações que experimentam. Crês que os peixes não se entendem entre si? O homem não tem, portanto, o privilégio exclusivo da linguagem, embora a dos animais seja instintiva e limitada pelo círculo de suas necessidades e de suas idéias, enquanto que a do homem é perfectível e se presta a todas as concepções de sua inteligência.

Os peixes, com efeito, que emigram em massa, como as andorinhas que obedecem ao guia que as conduz, devem ter meios de se informarem, de se entenderem e de combinarem. Talvez por uma vista mais penetrante que lhes permita distinguirem os sinais que fazem; pode ser também que a água seja um veículo que lhes transmita certas vibrações. Qualquer que seja, é incontestável que eles têm um meio de se entenderem, como todos os animais privados da voz e que fazem trabalhos em comum. Deve-se espantar, depois disso, que os Espíritos possam se comunicar entre si sem o socorro da palavra articulada? (282).

595 – Os animais têm o livre arbítrio de seus atos?

– Eles não são simples máquinas como acreditais, mas sua liberdade de ação é limitada às suas necessidades e não pode se comparar à do homem. Sendo muito inferiores ao homem, eles não têm os mesmos deveres. Sua liberdade está restrita aos atos da vida material.

596 – De onde provém a aptidão de certos animais para imitar a linguagem do homem, e por que essa aptidão se encontra antes nas aves que no macaco, por exemplo, cuja conformação tem mais analogia com a sua?

– Conformação particular dos órgãos da voz, secundado pelo instinto de imitação; o macaco imita os gestos e certas aves imitam a voz.