O LIVRO DOS ESPÍRITOS - LIVRO III - CAP. II - LEI DE ADORAÇÃO 297

CAPÍTULO II

I – LEI DE ADORAÇÃO

 

1. Objetivo da adoração. – 2. Adoração exterior – 3. Vida Contemplativa. – 4. Da prece. – 5. Politeísmo. – 6. Sacrifícios.

OBJETIVO DA ADORAÇÃO.

649 – Em que consiste a adoração?

– É a elevação do pensamento a Deus. Pela adoração a alma se aproxima dele.

650 – A adoração é o resultado de um sentimento inato ou produto de um ensinamento?

– Sentimento inato como o da Divindade. A consciência de sua fraqueza leva o homem a se curvar diante daquele que o pode proteger.

651 – Houve povos desprovidos de todo sentimento de adoração?

– Não, porque não há, jamais houve, povos ateus. Todos compreendem que há acima deles um ser supremo.

652 – Pode-se considerar a adoração como tendo sua origem na lei natural?

– Ela está na lei natural, visto que é o resultado de um sentimento inato no homem. Por isso, ela se encontra em todos os povos, ainda que sob formas diferentes.

ADORAÇÃO EXTERIOR.

653 – A adoração tem necessidade de manifestações exteriores?

– A verdadeira adoração está no coração. Em todas as vossas ações, imaginai sempre que um senhor vos observa.