O LIVRO DOS ESPÍRITOS - LIVRO IV - CAP. II - PENAS E GOZOS FUTUROS 422

é justo, e que o homem não compreende sua justiça, mas a justiça não exclui a bondade, e ele não seria bom se consagrasse penas horríveis, perpétuas, à maior parte de suas criaturas. Poderia fazer a seus filhos uma obrigação da justiça, se não lhes tivesse dado os meios de compreendê-la? Aliás, não é o sublime da justiça, unida à bondade, fazer depender a duração das penas dos esforços do culpado para se melhorar? Aí está a verdade desta palavra: "A cada um segundo suas obras."

SANTO AGOSTINHO

Interessai-vos, por todos os meios que estão em vosso poder, em combater, em destruir a idéia da eternidade das penas, pensamento blasfematório, contrário à justiça e à bondade de Deus, a mais fecunda fonte da incredulidade, do materialismo e da indiferença que invadiu as massas depois que sua inteligência começou a se desenvolver. O Espírito, em vias de se esclarecer, não fora senão mesmo desbastado, dela cedo compreendeu a monstruosa injustiça; sua razão a repele e, então, lhe falta raramente confundir num mesmo ostracismo a pena que o revolta e o Deus ao qual a atribui: daí os males inumeráveis que se precipitaram sobre vós e aos quais viemos vos trazer remédio. A tarefa que vos assinalamos vos será tanto mais fácil quanto as autoridades sobre as quais se apóiam os defensores dessa crença, têm todas evitado de se pronunciarem formalmente; nem os concílios, nem os Pais da Igreja decidiram essa grave questão. Se, segundo os próprios Evangelistas, e tomando ao pé da letra as palavras emblemáticas do Cristo, ele ameaçou os culpados com um fogo que não se apaga, com um fogo eterno, não há absolutamente nada nessas palavras que prove tê-los condenado eternamente.

Pobres ovelhas desgarradas, sabei pressentir, junto a vós, o bom Pastor que, longe de vos querer banir para sempre de sua presença, vem ele mesmo ao vosso reencontro para vos reconduzir ao aprisco. Filhos pródigos, abandonai vosso exílio voluntário; voltai vossos passos para a morada

paterna: o pai vos estende os braços e mantém-se sempre pronto para festejar vosso retorno à família.

LAMMENAIS

Guerras de palavras! Guerras de palavras! não fizestes verter bastante sangue!   é  preciso,  pois,  ainda  reacender as fogueiras? Discutem-se sobre  os  temas  eternidade das