O LIVRO DOS MÉDIUNS - PRIMEIRA PARTE - CAPÍTULO III 484

ardor; estes podem, pois, nos compreender, porque estão mais perto de nós do que eles mesmos o crêem. Com o primeiro,  não  falai  nem  de  revelação, nem de anjos, nem de  paraíso, pois  não  vos compreenderia; mas, vos colocando sobre  seu  terreno, provai  primeiro que as leis da fisiologia  são  impotentes  para   explicar   tudo; o resto virá em  seguida.  Ocorre de outra maneira quando a incredulidade não é preconcebida, porque, então, a crença não é absolutamente nula; há um germe latente abafado pelas ervas  daninhas  mas  que  uma centelha pode reviver; é o cego a quem se restitui  a  vista  e  que  fica  feliz  em  rever a  luz;  é o  náufrago   a  quem se estende uma tábua de salvação.

22. Ao lado dos materialistas propriamente ditos, há uma terceira classe de incrédulos se  bem  que  espiritualistas, pelo menos de nome, não são tão menos refratários quanto  eles: são os incrédulos de má-vontade. Estes ficariam tristes em crer, porque isso perturbaria sua quietude nos prazeres materiais; temem ver a condenação de sua ambição,  de  seu  egoísmo  e  das  vaidades  humanas, de que fazem suas delícias; fecham os olhos para não ver e tapam  os  ouvidos  para não ouvir. Não se pode senão lamentá-los.

23. Não  falaremos  senão  para lembrar, de uma quarta categoria   que  chamaremos  a dos incrédulos interessados  ou de má-fé.  Estes sabem muito bem o que pensar sobre o Espiritismo,  mas,   ostensivamente,  o condenam por motivos  de  interesse   pessoal.  Nada há a dizer, como nada há  a  fazer  com  eles.  Se  o  materialista  puro se engana,  tem ao menos,   para   desculpá-lo,   a  boa-fé  e pode-se conduzi-lo  provando  seu  erro;   naqueles  há  uma determinação   contra   a   qual todos os argumentos se chocam; o tempo  se  encarregará  de   abrir-lhes os olhos e mostrar-lhes, talvez às suas próprias custas, onde estavam seus verdadeiros   interesses,  porque  não  podendo  impedir que  a  verdade  se  derrame,  serão   arrastados  pela  torrente,  e  com  eles,  os  interesses  que  acreditavam  salvaguardar.

24. Além dessas diversas categorias de opositores, há uma infinidade de nuanças entre  as  que se  pode contar