O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO IV 531

Iguais quase sempre; freqüentemente, vêm por si mesmos.

11. Todos os Espíritos estão aptos para produzir os fenômenos desse gênero?

Os   Espíritos que   produzem    essa espécie de efeito,  são   sempre  Espíritos   inferiores,   que   não estão, ainda, inteiramente   despojados de  toda  a   influência   material.

12. Compreendemos   que  os  Espíritos superiores não se ocupam de coisas que estão abaixo deles; mas, perguntamos  se, em razão de serem mais desmaterializados,   teriam  a força de fazê-lo, se tivessem   disso vontade?

Eles  têm a força moral como os outros têm a força física; quando têm necessidade dessa força, servem-se daqueles   que a   possuem.   Não  vos foi  dito que se servem dos Espíritos inferiores como fazeis com os carregadores?

Nota. Foi dito que  a  densidade  do perispírito, se se pode exprimir assim, varia segundo o estado dos mundos; parece que varia  também no mesmo mundo segundo os indivíduos. Nos Espíritos avançados moralmente, é mais sutil e se aproxima da dos Espíritos elevados; nos Espíritos inferiores, ao contrário, se aproxima da  matéria, e é o  que  faz  que esses Espíritos de baixo estágio conservem por tempo tão longo as ilusões da vida terrestre; eles pensam e agem  como  se estivessem ainda  vivos; têm os mesmos desejos e, se poderá dizer, a mesma sensualidade. Essa grosseria do perispírito, dando-lhe mais afinidade com a matéria, torna os Espíritos inferiores mais próprios para as manifestações físicas. Pela mesma razão, um homem do mundo, habituado aos trabalhos de inteligência, cujo corpo  é  débil  e  delicado,  não  pode  erguer um  fardo pesado como um carregador. A  matéria, nele, de  alguma  sorte,  é  menos  compacta,  os órgãos menos resistentes e tem menos fluido nervoso. O perispírito, sendo para o Espírito o que o corpo é para o homem, e sua densidade estando em razão da inferioridade do Espírito, supre nele a força muscular, quer dizer, lhe  dá, sobre  os  fluidos  necessários  às  manifestações,  uma força   maior do que  aqueles cuja natureza é mais etérea. Se um Espírito elevado quer produzir   tais efeitos, faz o que fazem, entre nós, as pessoas delicadas: manda fazê-lo um Espírito do ofício.