O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO VII 587

BICORPOREIDADE E TRANSFIGURAÇÃO

Aparições do Espírito dos vivos – Homens duplos. –

Santo Alfonso de Liguori e Santo Antônio de Pádua. – Vespasiano. – Transfiguração – Invisibilidade.

114. Estes dois fenômenos são variedades do das manifestações visuais, e por maravilhosos que possam parecer à primeira vista, se reconhecerá facilmente, pelas explicações que deles se podem dar, que não saem da ordem dos fenômenos naturais. Repousam, um e o outro, sobre o princípio de que tudo o que foi dito sobre as propriedades do perispírito depois da morte se aplica ao perispírito dos vivos. Sabemos que, durante o sono, o Espírito recobra parte da sua liberdade, quer dizer, se isola do corpo, e foi nesse estado que tivemos muitas vezes ocasião de observá-lo. Mas o Espírito, esteja o homem vivo ou morto, tem sempre o seu envoltório semi-material que, pelas mesmas causas que descrevemos, pode adquirir a visibilidade e a tangibilidade. Fatos bem positivos não podem deixar nenhuma dúvida a esse respeito; não citaremos senão alguns exemplos que são do nosso conhecimento pessoal e dos quais podemos garantir a exatidão, podendo cada um recolher fatos análogos consultando suas reminiscências.

115. A esposa de um dos nossos amigos viu por repetidas vezes, durante a noite, entrar em seu quarto, quer houvesse  ou  não  luz,  uma vendedora de frutas da vizinhança  que  conhecia de  vista, mas com quem não havia jamais