O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO VIII 597

LABORATÓRIO DO MUNDO INVISÍVEL

Vestuários dos Espíritos – Formação espontânea de objetos tangíveis – Modificação das propriedades da matéria. –

Ação magnética curativa.

126. Dissemos  que os Espíritos se apresentam vestidos de túnicas, roupagens ou mesmo com seus trajes ordinários.  As roupagens parecem ser um vestuário geral no   mundo dos Espíritos; mas,  pergunta-se onde vão buscar esses vestuários em tudo semelhantes aos que usavam em sua vida, com todos os seus acessórios. É certo que não os  levaram   consigo, uma vez que os objetos reais estão ainda aqui, sob nossos olhos; de onde provêm, pois, os que usam no outro mundo? Esta questão tem sempre intrigado muito; mas, para muita gente era simples negócio de curiosidade;  entretanto, ela confirmava uma questão de princípios de uma grande importância, porque sua solução nos colocou no caminho de uma lei geral que encontra igualmente aplicação no nosso mundo corporal. Vários fatos vieram complicá-la e demonstrar a insuficiência das teorias que se tinham experimentado.

Podia-se, até certo ponto, certificar-se do vestuário, porque pode-se considerá-lo como fazendo parte do indivíduo; já não ocorre o mesmo com os objetos acessórios, como,  por   exemplo, a  tabaqueira da visita da senhora doente  de  que falamos no nº 116. Anotemos a esse respeito que não se tratava ali de um morto, mas de um vivo, e que