O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO X 613

elas não devem se assemelhar mais do que a dos homens, desde o selvagem até o europeu mais esclarecido. Todas as diferenças que possam apresentar, podem ser agrupadas em quatro categorias principais; segundo o seu caráter mais acentuado, elas são: grosseiras, frívolas, sérias, ou instrutivas.

134. As comunicações grosseiras são aquelas que se traduzem por expressões que chocam a decência. Elas não podem emanar senão de Espíritos de camada baixa, ainda enlameados de todas as impurezas da matéria, e não diferem em nada das que poderiam dar os homens viciosos e grosseiros. Repugnam a toda pessoa que tenha a menor delicadeza de sentimento; porque são, segundo o caráter dos Espíritos, triviais, ignóbeis, obscenas, insolentes, arrogantes, malévolas e mesmo ímpias.

135. As comunicações frívolas emanam de Espíritos levianos, zombeteiros e travessos mais maliciosos do que maus, e que não dão   nenhuma  importância ao que dizem. Como não têm nada de inconveniente, agradam a certas pessoas que com elas se divertem, e encontram prazer nessas entrevistas fúteis, onde se fala muito para não se dizer nada. Esses Espíritos, algumas vezes, rivalizam em tiradas espirituosas e mordazes, e, em meio a gracejos banais, dizem duras verdades que ferem quase sempre com justiça. Esses Espíritos  levianos  pululam ao nosso redor, e aproveitam todas as ocasiões para se misturarem nas comunicações; a verdade é o menor dos seus cuidados, e é por isso que têm um maligno prazer em mistificar os que têm a fraqueza, ou algumas  vezes  a presunção,  de  neles crer  sob  palavra. As pessoas  que  se comprazem nesses tipos de comunicações dão, naturalmente, acesso aos Espíritos levianos e enganadores; os Espíritos sérios delas se afastam como, entre nós, os homens sérios se afastam das sociedades de estouvados.

136. As comunicações sérias são graves quanto ao objeto e à maneira pela qual se realizam. Toda comunicação que  exclui a   frivolidade  e  a  grosseria, e que tem um fim útil,  ainda  que de interesse privado, é, por isso mesmo, séria; mas não está por isso sempre isenta de erros. Os Espíritos sérios não são todos igualmente esclarecidos; há mui-