O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO XX 709

CAPÍTULO XX

INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM

Questões diversas. – Dissertação de um Espírito sobre a influência moral.

 

226. 1. O desenvolvimento da mediunidade está em razão do desenvolvimento moral do médium?

Não; a faculdade, propriamente dita, relaciona-se com o organismo; é independente do moral; não ocorre o mesmo com seu uso, que pode ser mais ou menos bom, segundo as qualidades do médium.

2. Sempre  foi dito que a mediunidade é um dom de Deus,  uma graça, um favor; por que, pois, não é o privilégio dos   homens  de  bem, e por que se vêem pessoas indignas que  dela  são   dotadas no mais alto grau e que dela fazem mau uso?

Todas as faculdades são favores dos quais se devem render graças a Deus, pois há homens que delas são privados. Poderíeis também perguntar por que Deus concede uma boa visão aos malfeitores, destreza aos gatunos, eloqüência para aqueles que dela se servem para dizerem más coisas. Ocorre o mesmo com a mediunidade; pessoas indignas dela são dotadas porque têm mais necessidade do que os outros para se melhorarem; pensais que Deus recusa os meios de salvação aos culpados? Multiplica-os sob seus passos, lhes coloca nas mãos, e a eles cabe disso se aproveitarem. Judas, o traidor, não fez milagres e curou os enfer-