O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO XXX 867

A entrada não pode ser concedida ao mesmo ouvinte por mais de duas sessões, salvo autorização do Presidente, e para os casos excepcionais. O mesmo membro não pode apresentar mais de duas pessoas de uma vez. As entradas concedidas pelo Presidente não são limitadas.

Os ouvintes não são mais admitidos depois da abertura da sessão.

CAPÍTULO IV – Disposições Diversas

Artigo 23 – Todos os membros da Sociedade lhe devem seu concurso. Em conseqüência, estão convidados a recolherem, no seu respectivo círculo de observações, os fatos antigos ou recentes que podem se referir ao Espiritismo, e assinalá-los. Desejarão, ao mesmo tempo, inquirir, quanto lhes seja possível, sobre a notoriedade de ditos fatos.

Estão igualmente convidados a lhe assinalar todas as publicações que podem ter uma relação mais ou menos direta com o objeto dos seus trabalhos.

Artigo 24 – A Sociedade fará um exame crítico das diversas obras publicadas sobre o Espiritismo, quando o julgue a propósito. Para esse efeito encarregará um dos seus membros, associado livre ou titular, que lhe fará uma apreciação, que será impressa, se for o caso, na Revista Espírita.

Artigo 25 – A Sociedade criará uma biblioteca especial, composta de obras que lhe forem ofertadas, e das que adquirir.

Os membros titulares poderão vir à sede da Sociedade consultar, seja a biblioteca, sejam os arquivos, em dias e horas que serão fixados para esse fim.

Artigo 26 – A Sociedade, considerando que sua responsabilidade pode se encontrar moralmente comprometida pelas publicações particulares dos seus membros, ninguém pode tomar, em um escrito qualquer, o título de membro da Sociedade sem, para isso, estar autorizado por ela e sem que, previamente, ela tenha tomado conhecimento do manuscrito. A Comissão será encarregada de lhe fazer um relatório a esse respeito. Se a Sociedade julga o escrito incompatível com seus princípios, o autor, depois de ser ouvido, será convidado, seja a modificá-lo, seja a renunciar à sua publicação, seja, enfim, a não se fazer conhecer como membro da Sociedade. Deixando de se submeter à decisão que for tomada, sua eliminação poderá ser pronunciada.

Todo escrito publicado por um membro da Sociedade, sob