O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO XXXI 872

o que é mal não pode vir senão de um mau Espírito. Se não escutais os sábios conselhos dos Espíritos que vos querem o bem, se vos melindrais com as verdades que podem vos dizer, é evidente que são os maus Espíritos que vos aconselham; só o orgulho pode impedir de vos verdes tais como sois; mas se não o vedes por vós mesmos, outros o vêem por vós; de sorte que sois censurados, pelos homens que riem de vós por detrás, e pelos Espíritos.

Um Espírito familiar.

V

Vossa Doutrina é bela e santa; a primeira estaca está plantada, e solidamente plantada. Agora não tendes mais do que caminhar; a senda que vos está aberta é grande e majestosa. Feliz é aquele que chegar ao porto, quanto mais prosélitos terá feito, mais lhe será contado. Mas, para isso, não deve abraçar a Doutrina friamente; é preciso fazê-lo com ardor, e esse ardor será dobrado, porque Deus está sempre convosco quando fazeis o bem. Todos aqueles que conduzirdes serão outro tanto de ovelhas que voltaram ao redil; pobres ovelhas meio extraviadas! Crede bem que o mais céptico, o mais ateu, o mais incrédulo, enfim, tem sempre um pequeno canto no coração, que gostaria de poder ocultar de si mesmo. Pois bem! é esse pequeno canto que é preciso procurar, que é preciso encontrar; é esse lado vulnerável que é preciso atacar; é uma pequena brecha deixada aberta de propósito por Deus para facilitar à sua criatura o meio de reentrar em seu seio.

São Benedito.

VI

Não temais certos obstáculos, certas controvérsias.

Não atormenteis a ninguém com qualquer insistência; a persuasão não virá aos incrédulos senão pelo vosso desinteresse, senão pela vossa tolerância e vossa caridade para com todos sem exceção.