O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO XXXI 873

Guardai-vos sobretudo de violentar a opinião, mesmo por vossas palavras e vossas demonstrações públicas. Quanto mais fordes modestos, mais chegareis a vos fazer apreciar. Que nenhum motivo pessoal vos faça agir, e encontrareis nas vossas consciências uma força de atração que só o bem proporciona.

Os Espíritos, por ordem de Deus, trabalham para o progresso de todos sem exceção; vós, espíritas, fazei o mesmo.

São Luís.

VII

Qual é a instituição humana, mesmo divina, que não tem obstáculos a superar, cismas contra os quais é preciso lutar? Se não tivésseis senão uma existência triste e exangue, não vos atacariam, sabendo que deveríeis sucumbir de um momento para outro; mas como vossa vitalidade é forte e ativa, como a árvore espírita tem raízes fortes, supõe-se que possa viver muito tempo, e tenta-se martelar contra ela. Que farão esses invejosos? Abaterão, quando muito, alguns ramos que desabrocharão com uma nova seiva e serão mais fortes do que nunca.

Channing.

VIII

Vou falar-vos sobre a firmeza que deveis ter em vossos trabalhos espíritas. Uma citação sobre esse assunto vos foi feita; aconselho-vos a estudar de coração, e de vos aplicar o seu espírito; porque, igual a São Paulo, sereis perseguidos, não mais em carne e osso, mas em espírito; os incrédulos, os fariseus da época, vos censurarão, vos ridicularizarão; mas, nada temais, essa será uma prova que vos fortificará, se a souberdes entregar a Deus, e mais tarde vereis vossos esforços coroados de sucesso; isso será um grande triunfo para vós no dia da eternidade, sem esquecer que, neste mundo, já há uma consolação para as