O LIVRO DOS MÉDIUNS - SEGUNDA PARTE - CAPÍTULO XXXII 900

CAPÍTULO XXXII

VOCABULÁRIO ESPÍRITA

AGÊNERE. (do grego, a, privativo, e géiné, geinomai, engendrar; que não foi engendrado). Variedade de aparição tangível; estado de certos Espíritos que podem revestir, momentaneamente, as formas de uma pessoa viva, ao ponto de fazer completa ilusão.

ERRATICIDADE. Estado dos Espíritos errantes, quer dizer, não encarnados, durante os intervalos de suas existências corporais.

ESPÍRITO. No sentido especial da Doutrina Espírita, os Espíritos são os seres inteligentes da criação, que povoam o Universo fora do mundo material, e que constituem o mundo invisível. Não são seres de uma criação particular, mas as almas daqueles que viveram sobre a Terra ou em outras esferas, e que deixaram o seu envoltório material.

BATEDOR. Qualidade de certos Espíritos. Os Espíritos batedores são os que revelam sua presença por meio de pancadas e de ruídos de diversas naturezas.

MEDIANÍMICO. Qualidade do poder dos médiuns. Faculdade medianímica.

MEDIANIMIDADE. Faculdade dos médiuns. Sinônimo de mediunidade. Essas duas palavras, a miúdo, são empregadas indiferentemente; querendo fazer uma distinção, poder-se-ia dizer que mediunidade tem um sentido mais geral, medianimidade, um sentido mais restrito. Há o dom da mediunidade. A medianimidade mecânica.